O seguro de vida em grupo é um benefício popular oferecido por muitos empregadores.

A aplicação para um seguro de vida em grupo pode até ser mais simples do que contratar um seguro de vida privado. Mas não se engane, as apólices de grupo raramente fornecem cobertura adequada às necessidades individuais de uma pessoa. 

As boas empresas oferecem como cobertura o valor referente de 1 a 2 anos de salário. Esse valor é 5 vezes menor que o recomendado pelos especialistas em seguro de vida. 

Na média, um bom seguro cobre de 5 a 10 anos da sua renda anual. Mas isso pode variar de acordo com cada pessoa. Por isso, a Azos criou uma calculadora de cobertura de seguro de vida.

Dicas valiosas:

  • O seguro de vida em grupo é uma maneira prática dos empregados de uma empresa obterem alguma cobertura de seguro de vida, gratuita ou a um custo muito baixo.
  • As apólices fornecidas pelos empregadores não oferecem cobertura ou flexibilidade suficiente para a maioria das pessoas, especialmente para quem é o provedor ou provedora da família.
  • Para quem possui dependentes financeiros, o mais adequado é contratar um seguro de vida individual mesmo tendo um seguro de vida oferecido pela empresa.

O que é o seguro de vida em grupo? 

O seguro de vida em grupo é um tipo de seguro de vida oferecido pelos empregadores aos empregados. Como o nome sugere, ele é oferecido a um corpo de funcionários de uma mesma empresa, e não a alguém em específico.

E qual o benefício disso?

Apesar do proprietário da apólice ser o empregador, o funcionamento do seguro de vida em grupo é semelhante ao do seguro de vida particular.

O seguro de vida em grupo oferece uma pequena cobertura, em média de uma a duas vezes o seu salário anual. Assim, caso você faleça — sendo funcionário da empresa — os seus beneficiários recebem a indenização referente ao valor da cobertura. 

Ele tem data de início e data de fim. Na maioria dos casos, assim que você entra na empresa você já está coberto e assim que sai da empresa, sua cobertura é cancelada.

O que significa ter a apólice ativa?

Significa que seu seguro de vida está ativo. 

Dentro da apólice você encontra informações sobre o prazo do contrato do seguro de vida. Caso você morra enquanto a apólice estiver ativa, os beneficiários escolhidos por você – na maioria dos casos o cônjuge ou os filhos –  receberão uma indenização paga a eles pela seguradora contratada.

O que acontece se você sair da empresa?

Nesse caso, na grande maioria das empresas, sua apólice é cancelada assim que você se desligar ou sair. 

Devo fazer um seguro de vida em grupo? 

Não há razão para não aderir ao plano de seguro de vida da sua empresa. É um começo fácil e acessível para ajudar com a sua segurança financeira.

No entanto, nós da Azos recomendamos que você adquira também um seguro de vida privado. Para garantir uma proteção financeira eficiente, é recomendado ter uma cobertura de aproximadamente 10 a 15 vezes a sua renda anual.

Isso vai evitar que sua família receba uma indenização insuficiente para as necessidades que você cobria em vida. Tais custos e despesas são, na maioria dos casos, infinitamente maiores do que a capacidade de cobertura do seguro de vida em grupo, que são limitados a 1 ou 2 anos de salário (na maioria dos casos). 

Portanto, se algum ente querido depende de você financeiramente, não hesite em contratar um seguro de vida particular.

"Somados os limites estreitos de benefícios à incapacidade de adequação caso a caso, mais as restrições de portabilidade, o resultado é uma proteção financeira frágil, quando conta-se apenas com o seguro de vida em grupo", diz André Calazans, especialista em seguros da Azos. "Um plano financeiro sólido exige a redução desses riscos sempre que possível."

Prós e contras do seguro de vida em grupo

Embora não haja grandes desvantagens em ter um seguro de vida em grupo, é importante entender os prós e os contras desse tipo de cobertura.


Prós:

  • A aprovação é mais fácil para pessoas mais velhas ou menos saudáveis;
  • Os prêmios (mensalidades) são subsidiados por seu empregador;
  • Reduz o valor do seguro de vida privado que você precisa.


Contras:

  • Fornece indenizações de valor reduzido e, por isso, insuficiente;
  • Você não pode personalizar a cobertura com complementos adicionais;
  • Se você deixar o emprego ou for desligado, você pode perder a cobertura.

Quanto custa o seguro de vida em grupo?

O custo do seguro de vida em grupo depende do que a empresa em que você trabalha oferece como benefícios. Por quê?

Porque em alguns casos a empresa arca com todo o valor dos prêmios, em outros ela cobre parcialmente. Nesse último caso, o restante do prêmio é você quem banca. 

Caso você queira evitar a dependência do seguro de vida em grupo, é só pesquisar a cobertura ideal para você. Basta simular o seu seguro de vida Azos, online e em menos de 5 minutos!

Como comprar um seguro de vida em grupo

Se a empresa  fornecer um seguro em grupo aos seus colaboradores, você vai adquirir o seu assim que for contratado. Provavelmente você receberá um formulário para fornecer alguns dados básicos para a apólice, como por exemplo se deseja indicar os beneficiários.

Porém, caso você perca a primeira chamada para a contratação, será necessário aguardar o próximo período de inscrição. 

O período de inscrições é também o momento ideal para alterar ou atualizar quaisquer benefícios existentes que você tenha. Dependendo do plano de seguro de vida em grupo oferecido, você pode aumentar sua cobertura durante as inscrições.

Como os períodos de inscrições variam de empresa para empresa,  é interessante verificar com o RH ou responsável as datas exatas.