Todos os trabalhadores estão expostos a diversos perigos diariamente, seja no caminho até o trabalho ou no local de atuação. Porém, existem profissões consideradas de alto risco — que podem trazer prejuízos significativos à integridade dos profissionais.

Assim, quem exerce essas atividades precisa buscar soluções para proteger a si mesmo e sua família em caso de acidentes ou falecimento — como o seguro de vida. Com ele, você e seus dependentes não ficam financeiramente desamparados nesses momentos.

Quer saber se você deve ter essa proteção? Continue a leitura para descobrir 10 profissões de risco que precisam de um seguro de vida no dia a dia. 

Confira!

1. Caminhoneiros

Uma das atividades que oferecem alto risco aos profissionais é a de caminhoneiro. O principal fator que coloca a vida em perigo são os acidentes provocados por imprudências dos motoristas nas estradas.

Outro problema comum são os assaltos nas estradas. No Brasil, o roubo de cargas é uma prática muito incidente. Inclusive, é comum que os ladrões usem armas de fogo para ter êxito no roubo. Isso faz com que os riscos aos quais os caminhoneiros estão expostos sejam maiores.

2. Motoboys

Outra profissão de risco é a do motoboy. Afinal, o entregador está suscetível a acidentes no trânsito ocasionado por motoristas. Ademais, a moto pode ficar em um ponto cego de um condutor, aumentando a possibilidade de uma colisão e resultando em ferimentos graves. 

Além disso, o motociclista está sujeito às intempéries climáticas. Nesse contexto, os ventos fortes e as chuvas torrenciais podem fazer com que o motoboy caia no asfalto, que podem expor o profissional ao risco de atropelamento ou resultar em lesões e, até mesmo, a morte. 

3. Agentes penitenciários

Os profissionais das forças de segurança possuem uma das carreiras mais arriscadas do mundo. Esse é o caso dos agentes penitenciários, por exemplo. Para manter a população em segurança, esses trabalhadores encontram-se diariamente em um ambiente de trabalho perigoso.

Ao fazer a guarda dos prisioneiros, eles podem se tornar reféns de criminosos em uma possível rebelião na penitenciária. Ademais, os agentes podem sofrer ataques durante uma escolta de presos. Ou seja, os profissionais estão sempre rodeados de ameaças durante a jornada de trabalho.

4. Eletricistas

Os eletricistas também estão presentes na lista das profissões de risco que precisam de um seguro de vida no dia a dia. Por trabalharem na manutenção de redes de alta tensão, eles estão sujeitos a descargas elétricas. Com isso, podem ter queimaduras e, em casos graves, vir a óbito.

Outro perigo envolvido na profissão é a queda de altura. Isso porque, muitas vezes, os eletricistas precisam subir em escadas ou usar cestos aéreos para realizar seu trabalho. Diante de qualquer erro ao se locomover ou falhas no equipamento veicular, o profissional pode cair e sofrer diversas consequências.

5. Bombeiros 

A profissão de bombeiro é permeada por diversos perigos devido às atividades executadas. Entre elas, vale destacar os resgates nas alturas, nas enchentes e em desabamentos. Diante disso, os profissionais correm o risco de quedas, afogamentos e soterramentos. 

Os bombeiros também atendem a emergências com produtos tóxicos e atuam no controle de incêndios. Assim, as condições de trabalho favorecem o surgimento de doenças e queimaduras ao combater o fogo.

6. Pedreiros 

Os trabalhadores da construção civil são outros exemplos de profissionais expostos a perigos. Por exemplo, ao trabalhar pendurado em andaimes para erguer uma construção, os pedreiros podem sofrer quedas de grandes alturas — vindo a fraturar ossos, lesar órgãos e até morrer.

No canteiro de obras, eles também estão em contato com agentes nocivos que podem desenvolver diversas doenças. Esse é o caso das longas exposições ao sol que aumentam os riscos de ter câncer de pele, por exemplo.

7. Mineradores 

O trabalho dos mineradores é mais uma profissão perigosa por trazer inúmeros riscos à saúde do profissional. Primeiro, porque o trabalhador está exposto à poeira mineral, criando o risco de intoxicações.

Outro problema é o risco de desmoronamento. Um dos casos mais emblemáticos foi o dos mineradores do Chile. Em 2010, uma rocha se desprendeu da montanha e caiu sobre a entrada do túnel, fechando o acesso dos trabalhadores à superfície. Felizmente, nenhum sofreu problemas graves nem faleceu.

8. Açougueiros

Outra profissão sujeita a riscos no local de trabalho é a atividade de açougueiro. Entre os principais riscos está o ergonômico. Isso ocorre por causa de posturas inadequadas que podem causar problemas na coluna do trabalhador.

Outro perigo ao qual esse profissional está exposto é de cortes e perfurações. Em sua rotina de trabalho, o açougueiro precisa manusear equipamentos perigosos — como máquinas para cortar ossos. Qualquer descuido pode resultar em cortes e, até mesmo, perda de membros. 

9. Marceneiros

Mais uma profissão de risco que precisa de um seguro de vida é a de marceneiro. Isso porque algumas ferramentas essenciais para a marcenaria, quando não manuseadas ou armazenadas corretamente, podem oferecer riscos de acidente para o trabalhador.

Por exemplo, considere as serras e cinzéis. Esses instrumentos de corte possuem lâminas bem afiadas que podem causar cortes e perfurações corporais. Diante disso, existe a possibilidade do marceneiro causar lesões e perder partes dos membros superiores ou inferiores.

10. Operadores de máquinas 

Por fim, há também riscos no ambiente de trabalho dos operadores de máquinas. Ao manusear equipamentos pesados, eles podem cair sobre o profissional, esmagando os seus membros — como pernas e braços.

Ele também pode ter partes do corpo queimadas ao entrar em contato com as máquinas sem a devida proteção. Também há riscos de choques ao tocar em fios desencapados ou de se cortar por causa de serras afiadas, a depender dos equipamentos operados. 

Como vimos, há diversas profissões de riscos que precisam de um seguro de vida. Aqui, você pôde conhecer 10 delas e ver quais ameaças o trabalhador está exposto ao exercê-las. Se esse for o seu caso, vale considerar a possibilidade de contratar esse serviço para sua proteção e de sua família.

Quer ter um seguro de vida para trabalhadores em profissões de alto risco? Entre em contato com a Azos e descubra como podemos ajudar na contratação de uma apólice de seguro!