Seja um escorregão no piso molhado, um corte com a faca de cozinha ou uma batida de carro, nossa rotina traz diversas situações e possíveis acidentes, e alguns são bastante perigosos.

Por isso, é importante se preparar financeiramente caso algo inesperado aconteça e desvie você daquilo que estava nos seus planos. É justamente nisso que o seguro invalidez vai te ajudar. 

Ao garantir uma cobertura por invalidez, se um acidente acontecer e te privar de qualquer capacidade motora, física ou biológica, você poderá contar com a indenização para cobrir os gastos hospitalares e manter o seu estilo de vida.

Dicas valiosas:

  • Antes de contratar um seguro invalidez, confira quais tipos de acidentes ele cobre;
  • Dê preferência para o seguro invalidez que cubra a perda com condição majorada, quer dizer, para receber 100% da indenização não é preciso perder 100% dos membros, por exemplo;
  • As consequências de uma tentativa de suicídio*, após o período de carência, podem ser consideradas acidente;
  • Nem toda seguradora oferece o seguro invalidez isolado do seguro de vida, o que deixa o prêmio mais caro.

Continue conosco e entenda tudo que você precisa saber sobre o seguro invalidez.

O que é seguro invalidez 

O seguro invalidez é uma forma de proteção financeira em face de qualquer acidente que venha a comprometer, anular a capacidade ou causar a perda de um membro, sentido (visão ou audição) ou órgão do segurado.

É importante não confundir o seguro invalidez privado com a aposentadoria por invalidez do INSS. Neste último, a invalidez é de carácter funcional, ou seja, compromete necessariamente o exercício da profissão pelo contribuinte.

É fundamental atentar para a natureza da cobertura por invalidez adquirida, pois ela pode ser parcial ou total e ter especificações quanto à causa da invalidez, como:

  • invalidez laboral;
  • invalidez por acidente;
  • invalidez por doença.

Deve-se observar também se a cobertura por invalidez é ou não majorada. Isto é, se ela não for majorada, para o segurado receber 100% da indenização é necessário perder ambas as mãos ou pés, do contrário, pode estar sujeito a um pagamento percentual de acordo com uma tabela. 

Já na cobertura com condição majorada, o pagamento total da indenização é feito para algumas condições que seriam consideradas parciais em outros contratos.

Existem outros detalhes cruciais para se ter cautela antes de contratar um seguro invalidez, veja a seguir os tipos e o funcionamento de cada uma das principais coberturas por invalidez.

Seguro invalidez total

O seguro invalidez total cobre a perda ou restrição total de um membro, sentido ou órgão. O segurado ou beneficiário recebe o valor integral da indenização mediante, por exemplo, a perda total da visão do olho esquerdo. 

Se o seguro tiver o complemento de majoração, se não, a perda é considerada como parcial, o que nos leva ao próximo tipo de cobertura por invalidez.

Seguro invalidez parcial

Já o seguro invalidez parcial garante que o segurado ou beneficiário receba uma parte da cobertura, em porcentagem, de acordo com o grau da invalidez e qual parte do corpo ela atingiu.

Por exemplo, se o segurado perdeu parte do polegar esquerdo, ele recebe uma porcentagem de acordo com o dano sofrido.

Os valores e parcelas da indenização são estipulados previamente por tabela. Não deixe de conferi-la durante a contratação do seu seguro invalidez.

Seguro invalidez laboral

O seguro invalidez laboral nem sempre está entre as coberturas de seguro contratadas em seguradoras ou com corretores.

Além disso, é importante não confundi-lo com a aposentadoria por invalidez do INSS. Esta última não garante o recebimento de um seguro privado e tem os seus próprios critérios.

Em linhas gerais, o seguro invalidez laboral privado cobre um acidente ou desgaste provocado durante o exercício da função. Pode ser por:

  • acidente com máquinas;
  • acidente de trânsito;
  • desgaste por movimentos repetitivos, entre outros.

Seguro invalidez por doença

Antes de mais nada, o seguro invalidez por doença não substitui o seguro por doenças graves. 

Trata-se de uma cobertura em caso de sequela deixada por enfermidades específicas, como o AVC (Acidente Vascular Cerebral) e alguns níveis de infarto, entre outros.

Seguro invalidez por acidente

O seguro invalidez por acidente cobre a perda ou redução da capacidade de um membro ou órgão em face de qualquer acidente de origem externa ao corpo do segurado.

Existem, ou melhor, existiam duas desvantagens do seguro invalidez por acidente no mercado de seguros do Brasil: 

  1. O valor total da indenização era pago somente se o segurado perdesse os membros em pares (duas mãos, dois pés, dois olhos), condição esta que chamamos de não majorada; e
  2. Para adquirir o seguro invalidez, de maneira geral, o segurado precisaria contratar, também, o seguro de vida, o que deixava os prêmios muito mais caros.

Mas isso mudou. Se você acredita que o seguro de vida não atende aos seus objetivos, se você não tem dependentes ou não é adequado para o seu estilo de vida, você pode contratar apenas o seguro invalidez e pagar muito menos por uma apólice de seguro invalidez.

Quer saber como fazer isso? Fale agora com um especialista Azos e descubra as vantagens do seguro para a sua vida.

Converse com um especialista em seguros.

Como funciona o seguro invalidez?

O seguro invalidez funciona de modo parecido com o seguro de vida, porém a cobertura é diferente, assim como também é o motivo pelo qual você recebe o pagamento da indenização.

As coberturas do seguro invalidez podem ser parciais ou totais. No caso das coberturas de invalidez parcial, uma porcentagem do valor total da cobertura é definida de acordo com o grau de perda, redução ou impotência funcional de um membro ou órgão do segurado.

Na maioria das Seguradoras, o seguro invalidez só pode ser contratado em conjunto com o seguro de vida. É um costume antigo do mercado de seguros do Brasil: tratar o seguro de vida como um grande pacote.

Mas, hoje, você pode evitar isso. O seguro Azos é o seguro para a sua vida, você pode contratar a cobertura que quiser individualmente, sem pagar pela cobertura que você não precisa. 

Além disso, as seguradoras tradicionais podem considerar que para ser invalidez total é necessário que o segurado perca o membro por completo. Isto é, se o acidente causar a perda parte da mão, não é considerado perda. 

Já é possível encontrar uma cobertura invalidez permanente total majorada. Fazendo com que o segurado seja indenizado 100% por algumas situações consideradas parciais tradicionalmente, por exemplo: a perda da visão de um dos olhos, a perda de um dos pés ou de um dos dedões (até o metacarpo).

Documentos necessários 

Após solicitar o aviso de sinistro, começa o processo de regulação do sinistro. Tenha em mãos a apólice, os documentos pessoais e a avaliação médica, ela é fundamental para comprovar o acidente ocorrido e o quadro médico do segurado.

Certifique-se também de que o seguro que você for contratar não exclui a perda total da capacidade da cobertura. Por exemplo, no seguro Azos levamos em conta que se você perdeu o movimento completo de um mão, ainda que não tenha perdido o membro, a funcionalidade dela está comprometida, por isso ela está inclusa.

Qual a diferença entre o seguro por invalidez total e o parcial?

O seguro por invalidez pode ser parcial ou total, a depender do grau da perda, redução ou impotência sofrida pelo segurado. 

No caso da invalidez parcial, o segurado recebe uma fração da indenização em função da gravidade do dano sofrido pelo titular da apólice, de acordo com o tabelamento pré-definido disposto nas Condições Gerais da seguradora.

O seguro por invalidez total, por sua vez, cobre a perda ou impotência total de um membro ou órgão. Nessas circunstâncias, o segurado recebe o valor total da indenização. Estando sujeito a não receber porcentagens em perdas parciais de membros e falanges.

Quais as vantagens de contratar esse tipo de serviço?

Como seria se algo te impedisse de trabalhar hoje? Você teria reservas para bancar seu estilo de vida por quanto tempo?  Qual seria o prazo para você se adaptar e conseguir uma nova fonte de renda?

Ao imaginar a situação e responder a essas perguntas, com certeza, você percebeu algumas das vantagens de contar com o seguro invalidez, especialmente se você for:

  • empresário, 
  • microempreendedor (MEI), ou
  • autônomo. 

A principal vantagem de adquirir um seguro invalidez é proporcionar estabilidade para você e sua família até você se recuperar de um acidente.

Mas, nem todo seguro é igual. Não é em qualquer seguradora que você pode contratar um seguro invalidez sozinho, por exemplo.

O mesmo vale quando o assunto é majoração. A cobertura majorada é um benefício extra já que você receberá o valor total da indenização mesmo se perder a função de apenas um dos membros (mão, pé, olho, braço, perna e etc). 

Além disso, um seguro invalidez por 5 anos, com a cobertura que você quiser pelo valor que cabe no seu bolso, você só encontra aqui, na Azos.

Contrate hoje o seguro Azos para a sua vida e viva a sua rotina sem se preocupar com o amanhã.


*Se você tem pensamentos difíceis e precisa de ajuda, fale com um profissional. O Centro de Valorização à Vida está disponível 24 horas por dia em canais de atendimento gratuitos. Ligue para o 188 ou acesse o chat no site do CVV.