Seguro de vida de um jeito que ninguém te explicou

Aprenda o que ter em mente quando estiver considerando contratar um seguro de vida e entenda um pouco mais sobre este serviço que ajuda você a garantir o futuro financeiro de seus familiares.

Postado: 

28/3/2021 14:23

Se você está lendo este texto, é porque viveu 2020. E se você viveu esse ano pandêmico, a morte passou pela sua cabeça. A gente sabe que, às vezes, queremos fugir desse assunto, mas não tem jeito: uma hora vamos ter que falar sobre isso.

Começando do começo: já se pegou pensando no que vai acontecer com sua família quando você morrer?

O que é seguro de vida?

Seguro de vida é uma proteção financeira das pessoas que ama quando você não estiver mais aqui. Com isso, sua família (ou qualquer pessoa que você queira proteger), após receber o valor do seguro, consegue manter o padrão de vida, os sonhos e até a subsistência, mesmo após o seu falecimento.

Muitas pessoas só terminaram a faculdade, por exemplo, porque a mãe ou o pai tinham seguro de vida. Outros abriram um negócio por conta do benefício e conseguiram manter o sustento e os planos da família, como aconteceu com Kondzila (confira aqui). Konrad Cunha Dantas fundou sua empresa com um benefício de seguro de vida e, hoje, com um dos maiores canais do Youtube Brasil, consegue prover um bom padrão de vida para toda sua família.

Quem se beneficia com um seguro de vida?

Quem contrata um seguro de vida é chamado de "segurado" ou de "titular". Durante a contratação do seguro, é necessário identificar quem serão os "beneficiários", ou seja, quem são as pessoas que você quer que receba o valor do seguro na sua ausência.

Alguns seguros de vida você pode escolher somente os beneficiários previstos em lei, que são os filhos, cônjuge não separados por lei (obedecida a ordem de vocação hereditária do artigo 792 do código civil). Na Azos, os beneficiários podem ser desde a pessoa com quem se casou, seus pais, filhos, até mesmo, amigos que dependem financeiramente de você.

Afinal, família é quem a gente ama e escolhe amar todos os dias, né?

Tem mais uma coisa importante sobre o seguro Azos que você precisa saber. Além dos beneficiários, na Azos, você define o Guardião. Um dos nossos principais diferenciais é, justamente, fazer de tudo para que a família dos nossos segurados receba o benefício.

A morte é um tabu para muitas famílias. Muitos seguros deixam de ser resgatados porque, simplesmente, os beneficiários não sabiam. Inclusive, o lucro de muitas seguradoras é consequência desse abandono do benefício. Na Azos, retribuímos a confiança com ainda mais confiança. Não lucramos com o esquecimento de ninguém. Afinal, estamos, juntos, protegendo os planos da sua família. É aí que entra essa importante figura, o Guardião.

Essa pessoa, escolhida por você, receberá instruções de como ajudar os beneficiários (na maioria dos casos, a sua família) a receberem o valor do seu seguro Azos. Enviaremos nossos telefones de contato e e-mail para garantir que o seu Guardião nunca se esqueça da Azos e muito menos sobre o que será necessário fazer para resgatar o seguro. Quem se beneficia com um seguro de vida?

Seguro de vida digital, acessível e com a melhor cobertura do mercado? Só a Azos tem! clique!

Quais são os tipos de seguro de vida?

Seguro de vida é só um dos tipos de seguro de pessoas. Os principais tipos seguro de pessoas são:

  • Cobertura contra morte - Fique atento pois algumas seguradoras cobrem apenas morte acidental. Na Azos cobrimos qualquer tipo de morte, seja ela causada por doenças ou por acidente.
  • Cobertura contra doenças graves - caso você receba o diagnóstico de alguma doença grave que esteja contemplada na sua apólice, você recebe em até 30 dias o valor do seguro contratado.
  • Cobertura contra invalidez - como a invalidez pode ter causas diferentes, esse tipo de seguro é dividido entre invalidez por acidente e invalidez por doenças.
  • Assistência funeral - poucas pessoas sabem, mas os gastos com funeral são altos. Além do custo, existe uma série de burocracias para serem feitas antes do enterro. Esse seguro contempla as despesas, além de todo o suporte à família no processo completo do funeral.

Como os beneficiários irão receber o seguro de vida?

Atualmente, muitas pessoas fazem seguro de vida e a família não sabe ou esquece que o segurado tinha um seguro. Por isso, o papel do Guardião é fundamental e você só encontra aqui. A pessoa, escolhida por você, receberá instruções para avisar seus beneficiários ou resgatar seu seguro. É alguém muito importante pra você e pra gente também.

Tem mais uma coisa que só a Azos oferece: inteligência de dados. Cruzamos a base de clientes com a Receita Federal para verificar se todos os CPFs continuam ativos. Qualquer indício de inatividade do CPF, entramos em contato com a pessoa ou com os beneficiários.

Você confiou no seu seguro Azos o futuro de quem você ama. Isso vale muito pra gente.

Agora vamos para a parte mais importante de todas?

Como contratar um seguro de vida?

As formas mais comuns de se contratar um seguro de vida são: agência bancária, corretor de seguros ou online.

Seguro via banco: geralmente, os produtos de bancos são seguros de vida em grupo (também chamados de massificados) em que o seguro não é feito de forma personalizada.

O processo de contratação é simples, mas o preço costuma ser bem mais alto.

Seguro via corretores: existem muitos desses profissionais que são altamente capacitados que podem te ajudar na escolha dos produtos e das coberturas. Por outro lado, algumas seguradoras pagam comissões muito agressivas para alguns produtos de seguro que podem não ser o melhor para você. Dica da Azos - Tenha cuidado ao escolher seu corretor, busque referências e compare o produto oferecido com outros antes de finalizar a compra.


Seguro via online: Na Azos, você pode contratar um seguro em menos de cinco minutos. Se preferir, você pode fazer a contratação com alguém no telefone ou em vídeo-chamada. A gente entende que tem coisas que são melhores com olho no olho. É super simples e você só precisa marcar um horário na agenda dos nossos especialistas.

Quer conversar com um especialista antes de fechar? Agende uma conversa agora!

Quais são as vantagens de contratar um seguro de vida online?

Para algumas seguradoras e bancos, é provável que você precise fazer alguns exames antes da contratação. Exames de sangue, urina ou até mesmo eletrocardiogramas são algumas das burocracias exigidas por muitas  seguradoras. Já na Azos, o processo é bem mais simples. Acreditamos que um questionário curto (apenas três minutos - a gente sabe que seu tempo vale muito) seja o suficiente para o nosso algoritmo aceitar ou, em alguns casos, recusar a sua contratação.

Pois é, infelizmente não são todas as pessoas que conseguem contratar um seguro de vida conosco. Pessoas que já estão com algumas doenças graves ou hospitalizadas, por exemplo, não conseguem contratar um seguro de vida da Azos. Ainda.

Vamos falar de preço?

Quanto custa um seguro de vida?

O valor mensal do seguro de vida varia de acordo com o valor total segurado. Além do valor do seguro, existem vários fatores que podem influenciar no risco de uma pessoa morrer e, consequentemente, no preço do seguro. Os principais são: idade, sexo, tabagismo e condições atuais de saúde.

Para simular quanto custaria um seguro de vida para você, clique aqui.

A seguradora pode cancelar meu seguro de vida?

Dependendo da seguradora, o seu seguro pode ser cancelado caso o seu risco aumente. Pode ser que a seguradora decida cancelar o seu seguro justamente na hora que você mais precisar dele.

Cuidado na hora contratar o seu seguro e tenha atenção ao artigo 769, que dá esse direito à seguradora de cancelar a apólice.

Cá pra nós, a gente acha isso um absurdo. Por isso que, na Azos, NÃO cancelamos a sua apólice e você só precisa responder o questionário de saúde uma vez.

Vale ressaltar que você pode cancelar quando quiser e sem pagar nenhuma multa.

O valor do seguro de vida pode aumentar?

Existem seguros de vida que são contratados por um tempo determinado, são chamados de seguros temporários com valor nivelado. O tempo de contrato, na maioria das vezes, varia de 5 a 30 anos. O que é feito neste caso é um cálculo estatístico de quanto você pagaria durante todo o contrato e aí é cobrado um valor fixo durante o tempo que você contratou.

O grande problema desse formato é que, se você ficar doente durante o contrato, você dificilmente irá conseguir renová-lo, pois será necessário fazer uma nova contratação e avaliação da sua saúde ao final do período. Além disso, como você pagará um valor médio durante o tempo contratado, você, provavelmente, irá pagar mais no início e menos no final. Por que não recomendamos? A tendência da maioria das pessoas é aumentar a renda com o passar dos anos. Para alguns casos de redução de renda durante o período contratado, o seguro temporário pode fazer sentido financeiramente.

Por outro lado, existem seguros de vida que aumentam de preço conforme a idade do segurado também aumenta. O que a princípio parece ser ruim, na maioria das vezes é bem melhor para o segurado. Esses produtos, quando a seguradora não possui o direito de cancelar o seguro (artigo 769), são os melhores para o segurado. Isso porque o cliente pode continuar com a sua apólice por quanto tempo desejar

Se você leu até aqui, pode ter ficado com essa última e importante pergunta.

Afinal, seguro de vida vale a pena?

Aqui, a gente sempre fala na lata: pode valer muito a pena, como pode não valer. Calma, a gente te explica. Se a sua família depende da sua renda para realizar planos como, estudar, fazer faculdade ou manter um padrão de vida, a resposta é sim, você deve fazer um seguro de vida.

Se você não possui dependentes financeiros, a cobertura de morte não é prioridade. Neste último caso, recomendamos fazer um seguro contra doenças graves e invalidez. Desta forma, você receberá o valor do seguro para ajudar no tratamento ou então para poder parar de trabalhar e focar na sua recuperação. Independente do caso, é importante que o seguro contratado caiba no seu orçamento.

Taí mais um diferencial Azos que você precisa saber. Aqui, você está no controle e define exatamente qual o tipo de seguro deseja, sem nenhum a mais ou a menos. A maioria dos seguros disponíveis no mercado não são vendidas separadamente. Ou seja, se você fizer um seguro doenças graves ou invalidez, automaticamente, precisa fazer um seguro de vida.

Pra gente, oferecer coberturas separadas é o certo a se fazer. Sem papinho, sem penduricalho, só o que serve para a sua vida agora.