Atenção: as informações aqui prestadas podem sofrer alterações em razão da pandemia do COVID-19. Em caso de dúvida, entre em contato com um especialista Azos.

É comum o corretor ou a seguradora requisitar, durante o processo de contratação de um seguro de vida, a avaliação médica. O seu histórico médico e estado de saúde atual são determinantes na classificação das suas condições de saúde. Esses dois fatores ajudam a determinar quanto você pagará pelo seguro de vida. 

Resultados positivos ​​no exame médico significam mensalidades mais baratas. Por isso, estar em dia com a sua saúde é importante não só para a sua vida, mas também para iniciar o processo de contratação do seguro.

Antes de aprofundar no tema, veja algumas dicas valiosas sobre a relação entre o exame médico e o seguro de vida:

  • As seguradoras usam o exame médico para determinar a classificação da sua saúde, afetando diretamente o preço da sua mensalidade.
  • O exame médico avalia quaisquer condições de saúde que você possa ter e um possível quadro de tabagismo.
  • Existem seguros de vida sem exame médico, desde que você atenda às exigências da seguradora.

O que é o exame médico e para o que ele serve? 

O exame médico consiste na realização de alguns exames de saúde, exigidos durante o processo de solicitação de seguro de vida. Os mais comuns são o hemograma, eletrocardiograma e uma entrevista com um profissional da saúde.

Ele avalia o seu quadro e histórico médicos, como hipertensão ou colesterol alto. Também analisa os níveis de nicotina e cotinina em seu corpo para determinar se você se classifica para as taxas de fumantes ou não fumantes.

Para contratar um seguro, o exame médico serve não apenas para confirmar os detalhes que você declarou à seguradora na proposta de contratação, como também revela outras informações importantes para definir o valor do seu prêmio – isto é, a mensalidade que você vai pagar pela cobertura.

É comum a seguradora cobrir os custos do exame médico na primeira avaliação. Mas, caso você queira refazer o exame para tentar um prêmio mais em conta, a maioria das seguradoras não arca com um segundo exame, embora existam aquelas que cobrem os custos de reconsideração.

É necessário fazer exame médico para ter um seguro de vida? 

Como as companhias de seguro de vida determinam os prêmios que você paga com base no risco – ou seja, na probabilidade de falecimento dentro das circunstâncias em que você vive – o exame médico costuma ser uma exigência, principalmente nas seguradoras mais tradicionais.

Além de outros fatores como idade, histórico médico familiar, profissão e estilo de vida, são analisados os resultados dos exames médicos para determinar qual será a sua classificação de risco dentro do seguro de vida.

Existem alguns seguros de vida que não exigem o checkup médico atual. Para que isso seja possível, são necessárias as suas avaliações e registros médicos anteriores. 

Vale ressaltar que esse tipo de benefício costuma ser concedido para pessoas com boa saúde, na maioria das vezes. Por essa razão é tão importante garantir que a sua saúde esteja em dia. 

Quanto mais saudável você estiver, mais fácil e barato será contratar o seguro de vida.

Na Azos nós não exigimos nenhum tipo de exame médico! Quer saber como isso é possível? Continue lendo este artigo que já já te explicamos. 

O que acontece durante o exame médico? 

Durante ou após sua entrevista inicial, é agendado o exame médico em um momento conveniente para você. Isso se você estiver tratando sua contratação com uma seguradora tradicional que, cá entre nós, adora uma burocracia.

Fazer um exame médico para ter um seguro de vida é semelhante a ir ao médico para fazer um exame físico. Normalmente, todo o processo leva cerca de 30 a 45 minutos (sem contar com a fila de espera). De toda maneira, a avaliação inclui duas partes:

  • um questionário verbal onde você responderá a uma série de perguntas sobre sua saúde, estilo de vida, profissão, hobbies e hábitos sociais;
  • um exame físico para medir a sua altura, peso, pressão arterial e, por fim, encaminhar para análise amostras de sangue e urina.

Durante o questionário, o médico ou enfermeiro fará um questionário relacionado a sua saúde, com o objetivo de confirmar as informações declaradas à seguradora. Você provavelmente sabe de cor essas perguntas: "você toma algum remédio controlado?", "tem alguma condição ou doença no histórico familiar?", "fuma?" e por aí vai. 

Esse tipo de pergunta faz parte do protocolo para desenhar uma visão geral da sua saúde. Apesar das perguntas parecerem corriqueiras, é importante não omitir ou alterar as informações ao respondê-las para que não ocorra nenhum problema com o seu seguro no futuro.

Após o questionário, solicitam que você realize alguns exames de rotina, nada fora do comum. O médico verifica sua pressão arterial, altura, peso e calcula seu índice de massa corporal (IMC), além de pedir um exame de sangue e urina.

Agora, se você for mais velho ou desejar contratar uma cobertura de seguro de vida com alto valor, o médico também pode exigir um eletrocardiograma ou um ecocardiograma para avaliar a situação atual do seu coração. Os candidatos do sexo masculino com mais de 50 anos também podem ser solicitados a realizar o exame de próstata. 

Como "passar" no exame médico? 

Os resultados do exame médico ajudam a determinar o custo de sua apólice. 

São analisadas circunstâncias de saúde no geral, então o ideal é que você esteja sempre atento ao seu corpo e busque viver de forma mais saudável. Mas existem questões que estão fora do seu controle, como a predisposição genética para algumas doenças, então não se preocupe em “passar” nos exames.

É importante lembrar que o exame médico não tem "aprovação" ou "reprovação". O objetivo dele é verificar como anda a sua saúde para, então, definir qual a cobertura mais adequada para você e qual será o valor do prêmio para contratá-la. 

De toda forma, você pode seguir alguns passos para garantir um seguro de vida mais acessível e prático para você.

Assegure-se que todas as informações sobre a sua saúde sejam repassadas corretamente para o corretor ou para a seguradora. Tenha em mente que as suas declarações serão checadas, então qualquer desencontro de dados só vai atrasar o processo – isso se não houver a recusa à proposta de contratação por parte da seguradora. 

Além disso, caso uma situação omitida venha à tona, os prêmios mudarão consideravelmente de valor. Você pode, ainda, perder a apólice ou o seu beneficiário pode ter a indenização negada por fraude.

Mas, mesmo respeitando a boa fé, é possível tomar certas precauções para melhorar os resultados do check up e acessar prêmios mais baratos. Porém, lembre-se de que o seu quadro de saúde é composto por vários fatores, e pode ser que uma dica ou outra não influencie tanto em seus resultados.

  1. Faça jejum de 8 a 12 horas antes do exame

O exame médico exige o jejum para certificar de que os níveis de açúcar no sangue e colesterol não estão alterados. Conselho: agende o exame para a parte da manhã para não sentir fome o dia todo.

  1. Hidrate-se

Beber muita água antes do exame ajudará a limpar o corpo e a dilatar as veias para que elas sejam mais fáceis de encontrar durante o exame de sangue.

  1. Evite se exercitar demais 

Ao fazer um treino intenso, sua pressão arterial pode subir e isso pode ser detectado pelo médico no momento do exame ou até mesmo em sua amostra de urina. Para evitar uma leitura falsa, tente não se exercitar muito na véspera do exame.

  1. Faça um detox 

Corte o consumo de álcool por alguns dias até a data do exame, evite aqueles cafezinhos incontáveis durante o dia, não tome medicamentos sem receita (incluindo suplementação), fuja do açúcar em excesso. 

Esses cuidados não farão milagre imediato, até porque é importante manter um padrão de vida saudável e constante, mas podem aliviar a barra.

  1. Pare de fumar 

Para fazer uma diferença considerável, é preciso parar com antecedência. Se você fuma e planeja frear o hábito às vésperas do exame médico, esqueça. 

Abandonar o hábito um dia antes da avaliação não vai surtir qualquer efeito sobre o valor do seu prêmio: os sinais de tabagismo permanecem em seu sangue por até uma semana. Além disso, a seguradora questiona este hábito específico no período dos últimos 36 meses, então o melhor a se fazer é não fumar.

  1. Tenha sua agenda de médicos em mãos

Ter os nomes e contatos recentes dos seus médicos pode economizar muito do seu tempo.

  1. Conheça seu histórico médico familiar

Você será questionado sobre a sua saúde, cirurgias feitas nos últimos anos, e também sobre a saúde dos seus pais ou avós. Então, é melhor ter o histórico médico da família na ponta da língua, se possível.

  1. Use roupas leves

Com que roupa eu vou, pro exame que a Azos me convidou? Na verdade, você não precisa se preocupar com isso, já que não exigimos exames médicos. 

Mas, se você for contratar outro seguro que requisite uma consulta, vá com uma roupa confortável e opte por usar materiais finos e leves. Isso vai alterar menos o seu peso e manter o número mais preciso (e favorável). Além disso, dê preferência a mangas curtas para facilitar o procedimento do exame de sangue.

O que acontece depois do exame médico? 

Ainda existe alguma preocupação com o resultado dos seus exames? Tente não pensar nisso da perspectiva tradicional do médico/paciente. 

Como já falamos, os resultados são utilizados apenas para uma análise, que servirá de base para avaliar o seu risco enquanto segurado. Às vezes algo que você ache alarmante pode não ser motivo de preocupação para a seguradora – embora você precise se cuidar, independentemente da contratação de um seguro de vida.

Se por um acaso a seguradora detectar alguma leitura fora do normal, o que pode acontecer é ela solicitar um novo exame. 

Por exemplo, se você tem proteína incomum na urina, podem solicitar que sejam realizados dois exames separados, em dias diferentes, para obter uma leitura precisa. Ou se sua pressão arterial estiver alta, você pode refazer o exame caso o seu histórico médico demonstre o contrário.

Finalizados esses procedimentos, o médico vai encaminhar os resultados para dar prosseguimento à contratação. Normalmente, a resposta da seguradora é liberada em algumas semanas. 

Dentro de seis meses você pode pedir uma cópia dos exames à seguradora caso escolha outra prestadora do serviço ou um outro tipo de apólice de seguro, como o seguro invalidez. Assim como uma visita de rotina ao médico, esses exames do seguro de vida se tornam parte de seu histórico.

O COVID-19 afeta o processo de solicitação de seguro de vida ou a sua elegibilidade? 

Em virtude do elevado índice de mutação do coronavírus, algumas seguradoras estão modificando processos e/ou impondo restrições de cobertura a certas condições de saúde ou faixa etária. Fale com um especialista Azos para descobrir qual cobertura te atende melhor. É rápido e não custa nada.

Como contratar um seguro de vida sem exame médico

Quer abrir mão do exame médico? Saiba que é possível contratar um seguro de vida sem check up. 

As seguradoras mais tradicionais fazem uma avaliação completa de seus registros médicos anteriores para determinar sua cobertura e o valor do seu prêmio (valor que você paga pelo seguro).

Para conseguir um bom custo-benefício, basta estar em dia com a sua saúde. Se tudo estiver nos eixos, seu risco é menor, logo, o valor da sua mensalidade também. 

Na Azos a gente simplificou esse processo. Para contratar seu seguro por aqui, no lugar dos exames médicos, você preenche o que chamamos de DPS (Declaração Pessoal de Saúde). 

A DPS consiste, basicamente, em um questionário semelhante ao que seria feito por um médico na consulta – mas, dessa vez, você responde tudo sem sair de casa, através do nosso site. Você confia na gente os sonhos de quem você ama e nós retribuímos a confiança.

Além da comodidade, oferecemos também agilidade na contratação. Primeiro, porque você pode fazer uma simulação para saber, em menos de 5 minutos, qual seria o valor da sua mensalidade. Segundo, porque nossa análise conta com o uso de tecnologia e, em até um dia útil, você fica sabendo se a sua proposta de seguro foi aprovada. 

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Fale com um especialista Azos e entenda tudo que você precisa saber sobre seguro de vida sem exame médico.