Todo trabalhador que possui uma profissão de risco e pensa em contratar um seguro de vida precisa saber como se calcula a expectativa de vida, considerando a sua situação profissional. Isso porque os perigos que envolvem sua carreira podem influenciar na estimativa de seu tempo de vida. 

Além disso, os riscos da profissão podem apontar a probabilidade de você acionar o serviço. Como essas informações são úteis na definição do valor que será cobrado pelo seguro, elas podem influenciar a sua decisão de compra. 

Quer saber mais sobre o tema? Neste artigo, você entenderá como se calcula a expectativa de vida em profissões de risco. Confira!

O que são profissões de risco?

Antes de aprender como se calcula a expectativa de vida em profissões de risco, vale entender como são identificadas as ocupações consideradas mais arriscadas. Elas são as carreiras que apresentam um maior número de fatalidades relacionadas ao trabalho e altas taxas de mortalidade.

Ou seja, as profissões de riscos são ocupações que comprometem a integridade de um indivíduo de forma significativa. Nesse sentido, existem diversos trabalhos perigosos que envolvem um nível elevado de perigo à saúde e vida do profissional.

Ser motorista de caminhão, por exemplo, é uma atividade de alto risco. Isso porque as condições precárias das estradas e as longas jornadas podem causar acidentes — como tombamento do veículo. Dependendo da gravidade, o resultado pode ser a morte do condutor.

Além disso, existe a possibilidade de roubos de cargas. Isso traz insegurança para os motoristas, provocando estresse e medo ao dirigir pelas estradas. Desse modo, a sua qualidade de vida é prejudicada.

Quais as profissões consideradas arriscadas?

Você viu que a carreira de motorista é perigosa por trazer riscos à saúde física e mental do condutor. Além dela, há outras atividades laborais nas quais o trabalhador é exposto a algum tipo de ameaça. 

Confira mais exemplos!

Mineradores

Os mineradores estão expostos a diversos riscos, variando conforme o ambiente de trabalho. Entre as principais ameaças dessa profissão, estão: inundações, desabamentos, quedas, explosões, incêndios e intoxicação. 

Policiais 

Outra carreira perigosa é a de policial. No exercício da profissão, os agentes estão sujeitos aos riscos relacionados à exposição à violência. E, diferente das demais carreiras, isso não se restringe ao período de trabalho. Afinal, os profissionais à paisana podem ser alvos de criminosos.

Eletricistas

Os eletricistas também estão expostos a perigos que podem comprometer sua integridade física. O principal fator que coloca a sua vida em risco são os choques elétricos. Além disso, eles estão sujeitos à queda de altura, pois o trabalho envolve o uso de escadas.

Pintores

Já o profissional que atua como pintor está exposto aos agentes químicos presentes nas tintas, a quedas de alturas elevadas, perfurações, choques elétricos, entre outros. Por essa razão, a profissão também é considerada perigosa.

Agricultores

As ocupações agrícolas apresentam diversos fatores de riscos. Eles são: intoxicações por agrotóxicos, picadas de animais peçonhentos e câncer de pele por causa da exposição ao sol. Ainda, as máquinas e equipamentos usados pelo profissional podem trazer problemas, como cortes e esmagamentos.

Qual é a relação das profissões de risco com o seguro de vida?

Agora que você sabe o que são profissões de riscos e conheceu exemplos, é hora de entender qual é a relação entre as carreiras perigosas e o seguro de vida. Assim, fica mais fácil compreender a importância do cálculo da expectativa de vida nesses casos.

Pessoas atuando em profissões de risco estão mais suscetíveis às fatalidades e aos óbitos, como você viu. Então, para garantir uma proteção para si e sua família em casos de acidentes, doenças e falecimentos, esses trabalhadores costumam contratar seguros de vida. 

Nesse contexto, a categoria profissional e os riscos inerentes ao trabalho são fatores determinantes na definição do valor de uma apólice de seguro. Afinal, o nível de exposição aos perigos da profissão aumenta a probabilidade de resgate da indenização mais cedo que o previsto, considerando a expectativa de vida da população.

Como se calcula a expectativa de vida em profissões de risco?

Depois de entender a relação das profissões de risco e o seguro de vida, você viu que os perigos de uma carreira são considerados ao estimar o valor desse produto. Além disso, é avaliada a expectativa de vida das pessoas que trabalham em atividades ameaçadoras.

Mas você sabe o que é expectativa de vida? Essa é a estimativa de anos que uma pessoa pode viver. No caso das profissões de riscos, ela tende a ser menor. Isso porque as chances de o indivíduo vir a óbito são mais elevadas por causa das características de seu trabalho.

Porém, para descobrir a expectativa de vida em profissões de risco, é preciso analisar diversos fatores — como idade, sexo e profissão. Felizmente, existe uma ferramenta que pode ajudar a fazer o cálculo com maior facilidade: a calculadora de expectativa de vida da Azos.

Para oferecer resultados precisos, utilizamos informações de bancos de dados oficiais. Eles são o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Classificação Internacional de Doenças (CID) e da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Acesse a ferramenta e veja a sua expectativa de vida!

Por que é importante saber disso para escolher um seguro de vida?

Ao aprender como se calcula a expectativa de vida em profissões de risco por meio da calculadora da Azos, é provável que você já tenha percebido por que vale a pena entender sobre o assunto. Afinal, essa informação é crucial para a definição das condições de um seguro de vida.

De modo geral, o preço do seguro e as coberturas apresentadas dependerão da análise relacionada à expectativa de vida e à profissão de risco. Inclusive, muitas seguradoras evitam fazer apólices para profissões de risco. Mas esse não é o caso da Azos

Aqui, você encontra oportunidades de assegurar você e sua família diante de sinistros. Assim, quem tem uma profissão de risco pode encontrar seu seguro de vida ideal com as nossas soluções.

Agora você sabe como se calcula a expectativa de vida em profissões de risco por meio da calculadora da Azos e como ela é importante na hora de definir o preço do seguro de vida. Não deixe de utilizar essa informação ao avaliar a contratação do serviço!

Ficou interessado em contratar um seguro? Entre em contato com a Azos e converse com um de nossos corretores!