O Brasil conta com diversas autarquias responsáveis por regular e garantir o funcionamento de seus mercados. Na prática, elas conseguem prover segurança institucional para o público consumidor e para as empresas de cada área. No ramo de seguros, vale a pena saber o que é a Susep.

Considerando as responsabilidades da instituição, é interessante conhecer como ela atua antes de contratar um serviço financeiro na área de seguros. Assim, você poderá decidir de modo estratégico, considerando o seu planejamento financeiro. 

Quer saber como a Susep trabalha? Neste artigo, você entenderá quais são as funções dessa autarquia e a importância de conhecê-la antes de contratar um seguro. 

Aproveite a leitura!

O que é a Susep?

A Superintendência de Seguros Privados, conhecida como Susep, é uma autarquia brasileira ligada ao poder público nacional. Isso significa que, mesmo que haja relação com o Governo, ela tem autonomia em suas operações. Ademais, ela é parte do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

A Susep opera no Brasil desde 1966 e, além de atuar com seguros e Previdência Privada aberta, exerce um papel relevante nos mercados de capitalização e resseguro. A sede da autarquia é no Rio de Janeiro e ela tem vínculo com o Ministério da Economia do Brasil. 

De acordo com o site da Superintendência, a sua missão é “estimular o desenvolvimento dos mercados de seguro, resseguro, Previdência complementar aberta e capitalização”. Além disso, ela busca garantir “a livre concorrência, estabilidade e o respeito ao consumidor”.

A administração da Susep é responsabilidade do seu conselho diretor. Ele é composto pelo superintendente e por mais quatro diretores. Já a nomeação para os devidos cargos é realizada pela Presidência da República.

Em conjunto, o conselho diretor da Susep deve focar no bom funcionamento da autarquia. Isso inclui práticas como seguir o regulamento da instituição, discutir e implementar novas instruções e monitorar o mercado em suas áreas de competência. 

Para que serve a Susep?

Agora que você entendeu mais sobre a história e a estrutura da Susep, é interessante saber como ela funciona. Para tanto, você deve conhecer as áreas de atuação da autarquia.

Saiba mais!

Autorizar agentes a oferecerem produtos e serviços

A Susep assume uma função regulatória no mercado de seguro, Previdência Privada aberta, capitalização e resseguro. Logo, antes de oferecer qualquer produto ou serviço nesse campo, a empresa precisa de autorização da autarquia. 

Como consequência, a Susep consegue estabelecer regras que todas as organizações devem seguir para assegurar funcionamento transparente para o setor. Isso inclui aspectos que vão desde a criação do produto ou serviço até a forma como acontecerá a comercialização desse serviço.

Fiscalizar o funcionamento do mercado

Também é função da autarquia fiscalizar o funcionamento do segmento. Afinal, é preciso assegurar que as empresas autorizadas a oferecer seus serviços estejam agindo em concordância com as regras impostas ao setor.

Entre as suas atribuições, a Susep deve se certificar de que as empresas do mercado possuem reservas financeiras para garantir os pagamentos devidos aos clientes quando necessário. Desse modo, ela trabalha em para oferecer mais liquidez para o setor. 

Fornecer segurança institucional

Com as funções que você viu, é possível notar que a Susep também consegue trazer mais segurança institucional para os clientes do mercado de seguros. Então é indispensável buscar instituições com registro na autarquia para contratar o serviço.

Ademais, os consumidores podem registrar reclamações na Susep caso se sintam lesados por empresas do ramo ou enfrentem outros tipos de problemas. Assim, ela poderá fiscalizar o acontecimento e tomar as medidas cabíveis, quando necessário. 

Profissionalizar o setor 

A atuação da Susep também contribui para a profissionalização do mercado de seguros. Afinal, como ela estabelece as normas de funcionamento e fiscaliza o cumprimento delas, é possível minimizar a ação de agentes mal-intencionados.

Outro ponto interessante está na regulação sobre as reservas das empresas do setor. Esse aspecto demanda que as seguradoras se organizem para conseguir manter sua operação em dia. Como resultado, o setor se torna mais competitivo.

Cumprir as normas do CNSP

Além das atribuições que você já viu, a Superintendência tem a função de cumprir as normas que o CNSP determina. Portanto, qualquer deliberação que o órgão fizer no mercado de seguros deve ter o cumprimento garantido pela Susep.

Esse é mais um aspecto que contribui para a segurança e para o fortalecimento do setor. A partir disso, a atuação dos agentes do mercado ocorre de maneira alinhada e de acordo com as boas práticas estabelecidas.

Por que conhecer a Susep antes de contratar um seguro de vida?

Até aqui, você descobriu o que é a Susep e quais são suas principais responsabilidades. Agora, preciso compreender por que esse conhecimento é importante antes de escolher um seguro.

Para entender melhor, imagine que você deseja contratar um seguro de vida individual, com o objetivo de resguardar e proteger sua família em caso de um infortúnio. 

Se a ideia é garantir o máximo de segurança para os seus beneficiários, é indispensável assinar a apólice de seguro em uma instituição credenciada pela autarquia. Do contrário, sua família não terá garantias de que receberá a indenização quando for necessário.

Isso acontece porque não haverá fiscalização quanto ao serviço de seguro que a empresa ofereceu. Portanto, a família não contará com a segurança institucional que a Susep proporciona.

Ademais, conhecer a atuação da Susep permite se certificar de que as empresas com as quais você está negociando estão agindo em concordância com as deliberações da autarquia. Desse modo, será possível fazer uma contratação mais segura.

Como identificar se uma empresa está cadastrada na Susep?

Agora que você entendeu a importância da Susep para o mercado de seguros, é preciso saber como encontrar as instituições cadastradas. Para tanto, acesse o site da autarquia e clique na aba de “empresas autorizadas”

Para encontrar a Azos, por exemplo, você precisa fazer a busca pelos corretores cadastrados. Nesse sentido, basta colocar o nome da empresa na barra de pesquisa para confirmar a atuação dela com a supervisão da Susep.

Como você viu, saber o que é a Susep é essencial para contratar serviços no mercado de seguros. Afinal, essa autarquia desempenha um papel elementar na boa performance do segmento. Logo, vale se certificar que as empresas que você negocia contam com essa autorização de funcionamento.

Quer saber mais sobre o seguro de vida? Conheça 4 dicas para contratar a cobertura ideal!