O luto é, sem dúvida, senão o maior, um dos momentos mais difíceis da vida. Ele é também uma vivência de todos, no mundo inteiro, ainda que existam maneiras distintas de vivê-lo.

Embora a dor do luto seja enorme, ele é necessário. É no luto que relembramos momentos importantes, que encontramos significados novos e duradouros para a pessoa que nos deixou e que descobrimos que a pessoa amada que perdemos ainda vive em nós.

Cada um lida com um luto de uma maneira, claro. Mas, conversar com amigos e parentes, procurar por um especialista e ouvir profissionais a respeito pode ser uma forma de lidar com o luto e a morte de alguém amado.

Separamos dez dos vídeos mais importantes no youtube sobre como lidar com o luto, sem esquecer a pessoa que partiu:

  1. Como lidar com o luto? - Canal Casule
  2. Canal Vênus - como lidar com o luto?
  3. Monja Coen - Como lidar com a morte de um ente querido?
  4. Anahy D’Amico - Como lidar com o rompimento de uma relação
  5. Cláudio Duarte, Como enfrentar o luto - Canal Palavras de fé
  6. O luto, por Mario Sergio Cortella
  7. Como lidar com o fim, por Maria homem, no Canal Casa do Saber
  8. Como superar o luto, por Padre Fábio de Melo
  9. Luto: como a morte foi encarada ao longo da História, por Leandro Karnal
  10.  Luto e depressão: lidando com perdas, por dr. Marco Abud, no Canal Saúde da Mente

1. Canal Casule - Como lidar com o luto?

O Canal Casule foi criado por uma clínica de psicologia que leva o mesmo nome. O vídeo “Como lidar com o luto” é apresentado por uma das psicólogas especialistas, Renata Giovannini.

O vídeo trata sobre diversos desafios e questionamentos trazidos pela perda de uma pessoa querida e o luto.

2. Canal Vênus - Como lidar com o luto?

Nesse vídeo, as apresentadoras do Canal e Podcast Vênus conversam com Fabrício Carpinejar, poeta brasileiro.

Carpinejar fala um pouco sobre como a tristeza é passageira, mas a dor não. Contudo, é necessário colocar a dor para trabalhar a seu favor.

Para Carpinejar, a dor do luto é como uma panela de pressão, você não abre ela de uma só vez, é um processo de aliviar pouco a pouco esse sentimento.

3. Monja Coen - Como lidar com a morte de um ente querido?

Nesse vídeo, Monja Coen, famosa por suas meditações e reflexões, fala um pouco sobre a dor do luto.

Ela reflete sobre a forma inicial do luto, um sentimento sobre “o que eu perdi” ou “a dor que eu sinto”. Porém, o luto é pensar como as pessoas queridas e amadas seguiram seu caminho. Lidar com o luto pensando que esse amor é também aceitar a jornada de quem é amado.

Com o tempo, percebe-se que a pessoa que partiu, vive ainda em nós. Aos poucos, conforme o luto passa, percebe-se que adotamos hábitos, jeitos e pensamentos que eram daquela pessoa querida.

4. Anahy D’Amico - Como lidar com o rompimento de uma relação

O luto é também um rompimento. Nesse vídeo, Anahy D’Amico fala sobre os diversos finais que vivemos, já que “tudo que acaba pressupõe um luto”.

Mas, por mais que seja difícil, não é possível pular etapas. Viver o luto é necessário, assim como dar tempo ao tempo.

5. Cláudio Duarte, Como enfrentar o luto - Canal Palavras de fé

As adversidades acontecem, por mais que tentemos evitá-las. Nesse vídeo, o pastor Cláudio Duarte fala sobre a história de David e sobre a absoluta vontade de Deus.

6. O luto, por Mário Sérgio Cortella

Nesse vídeo, o filósofo Mário Sérgio Cortella fala sobre o processo de luto, e a atenção necessária para não se confundir o luto com a depressão.

Mas, diferente da depressão, o luto tem uma causa mais palpável. Ele tem um motivo para a tristeza que a pessoa sente, que é a perda.

Por isso, o luto é um processo intenso, repleto de emoções contraditórias. Mas, o importante é a busca e disposição para o diálogo e reconforto, lembrando que a pessoa que se perdeu está em nós.

7. Como lidar com o fim, por Maria homem, no Canal Casa do Saber

Nesse vídeo a escritora e psicóloga Maria Homem, explica como o sujeito vive com, com seu externo, com o seu corpo, com o outro.

A perda é quando esse “viver com” sofre uma ruptura, criando um estranhamento diretamente no “eu”. Pois, não somos sozinhos, somos com o esposo, com a casa, com o nosso corpo.

A emoção forte de tristeza, raiva, angústia, frustração e dor vem do não poder ser sem aquilo que se perdeu.

A maneira de lidar com o luto, portanto, é saber que tudo está vinculado, mas que esse tudo também pode se perder. Saber e aceitar a perda, mas, ao mesmo tempo, identificar o que você carregará consigo, que antes era algo de quem se perdeu.

8. Como superar o luto, por Padre Fábio de Melo

Nesse vídeo, temos uma fala do Padre Fábio de Melo sobre a perda e sobre a necessidade da superação e organização do luto.

Para o padre, a perda precisa ser administrada, do contrário, ela passa a nos administrar. É necessário deixar a vida seguir para extinguir esse sofrimento. 

Quer queira ou não, é o tempo que faz curar. Não significa que esqueceremos a pessoa, mas aprender a deixar a vida seguir para nós mesmos.

9. Luto: como a morte foi encarada ao longo da História, por Leandro Karnal

Nesse vídeo, o professor e historiador Leandro Karnal, traz reflexões necessárias sobre a fragilidade da vida, realçada sobretudo pela pandemia.

Diante da brevidade da existência, como lidar com a morte? De acordo com Karnal, não lidamos. Cada vez mais evitamos falar sobre a perda e o luto. O historiador demonstra os efeitos negativos da tanatofobia — o medo da morte, palavra derivada do nome da divindade grega Tânatos.

10. Luto e depressão: lidando com perdas, por dr. Marco Abud, no Canal Saúde da Mente

Nesse vídeo, o dr. Marco Abud, médico e psiquiatra, fala sobre a dor, a tristeza, a duração e outros detalhes sobre o processo de luto.

Com a pandemia, milhares de famílias perderam seus entes queridos de maneira repentina. Diante desse momento difícil, encontrar respostas para o luto é essencial.

O Dr. Marco Abud chama atenção para a duração do luto, o qual dura em média seis meses. Se o sofrimento da perda perdurar mais que esse período, o médico aconselha a olhar com mais atenção para o que se está sentindo. 

É sempre importante lembrar que o luto é necessário, mas existe um processo de luto saudável, que está ligado à dor da perda, acompanhada por uma transformação e continuidade da vida.