Análise de dados de Azos Seguros destaca aumento expressivo de óbitos a partir dos 50 anos; incidência da doença é ainda maior no Sudeste e no Nordeste, e elevação do total de vítimas é alarmante em Santa Catarina, Alagoas e Bahia

Minas Gerais

Minas Gerais se encontra na lista dos 10 estados que registraram o maior número de mortes por câncer de próstata. Com um aumento de 17,08% de óbitos, 9.055 mineiros perderam a vida em decorrência da doença.

Entre 2014 e 2019, houve um aumento de 13% no número de mortes por câncer de próstata entre homens, de acordo com um levantamento feito pela insurtech Azos, a partir do cruzamento de informações extraídas da base oficial do Governo Federal.

Os dados consideram as idades entre 60 e 70 anos e 90 e 100 anos, que sinalizaram elevação na média de mortes, tendo aumentado 22,16% e 26,23%, respectivamente, em 5 anos.